GAGGIA MILANO

GAGGIA MILANO 

Em 1930, enquanto ainda trabalhava na cafeteria de sua família, em Milão, Archille Gaggia percebeu que as preferências dos clientes estavam mudando. O antigo método de preparo e o tradicional café da época já não agradavam tanto quanto antes
Em 5 de setembro de 1938, Achille depositou a patente no. 365726 para "Lampo". Este mecanismo, que utilizava a pressão da água quente ao invés do vapor, era capaz de preparar um delicioso espresso ( bem próximo do que conhecemos hoje).
Já em 1947, Achille Gaggia registrou sua segunda patente: um mecanismo de fabricação com alavanca e pistão.
Era 1977 quando Gaggia lançou a primeira máquina de café expresso produzida em massa para uso doméstico: a Baby Gaggia. A partir desse momento, a autêntica experiência do espresso italiano pôde ser vivida em casa, não apenas em bares e cafés.